Guia completo: identificação dos tipos de pele e cuidados necessários

Vira e mexe nos deparamos com anúncios e novos produtos prometendo resultados milagrosos. Mas o grande problema é que não há identificação dos tipos de pele.

Na hora de escolher um produto, o primeiro passo é saber do que a sua pele necessita: quais são as necessidades específicas dela? E o seu nível de maturidade?

Ninguém melhor do que você mesmo, que tem uma relação de muitos anos com a sua pele, para analisá-la e dizer como ela se comporta com as mudanças de estação, durante o dia e depois que o sol se põe.

Normal, oleosa, seca ou mista? Neste guia, você não só descobrirá o seu tipo de pele, como também a melhor maneira de cuidar dela.

Vem com a gente!

 

Sempre fomos diversos

É isso mesmo! Sempre fomos diversos, mas só de uns tempos para cá que estamos descobrindo que é possível atender necessidades específicas e nos ver representados de uma maneira única.

Com a nossa cútis, não poderia ser diferente! Gostamos de falar que a pele também tem a própria história.

Há aquelas que já foram muito castigadas pelo sol, há as que já sofreram muito com o excesso de maquiagem, há aquelas que recebem cuidados durante o dia e a noite, há aquelas que já viveram bastante e há também aquelas que têm diferentes cores e texturas.

E está tudo bem, afinal, as histórias são únicas.

De acordo com as situações que passamos e com o nosso tipo de pele, devemos priorizar cuidados e produtos certos. O que não pode é deixar pra lá – até porque toda pele muda, envelhece e fica com marquinhas do tempo.

 

O primeiro passo: identificação dos tipos de pele

Mediante às características existentes, podemos diferenciar as peles entre normal, oleosa, seca e mista. Algumas condições, como sensibilidade e acne, podem perpassar por todas em algum momento da vida, com graus diferentes de intensidade.

Por exemplo: 

  • Geralmente, durante a adolescência, o nível de acne na pele é intenso!
  • E quando pegamos muito sol? Nossa pele fica super vermelha e sensível durante muito tempo, né?

Percebem que ambas as situações independem do tipo da cútis para se fazerem presentes?

Entretanto, há aquelas características super específicas que só você tem:

Pele seca

Com carência de sebo e água, é conhecida por ter uma aparência que descama, sem brilho, com poucos poros visíveis e “rachadinha”. Em alguns momentos, ela pode ser até identificada como áspera, repuxada e difícil de absorver cremes hidratantes.

A pele pode ser naturalmente seca ou ter sido provocada a ser: ora com os agentes externos (sol e poluição, por exemplo) ou até pelo uso de produtos agressivos.

Pele oleosa

Temida por muitos, é conhecida por ter aquela aparência extremamente brilhosa, com excesso de óleo, ser pegajosa ao toque, com poros dilatados e visíveis. Diferente da seca, ela não tem aquela aparência de uma superfície “rachada”.

A pele pode ser naturalmente oleosa ou ter sido provocada a ser: as nossas glândulas sebáceas, que produzem o óleo do nosso corpo, podem sofrer oscilações de acordo com hormônios, dietas, nível de estresse e temperatura do dia.

Pele mista

Bem-vindos à pele que não é nem seca nem oleosa, mas é mista. Entendeu? rsrsrs

Explicamos! A pele mista tem características tanto da pele seca quanto da oleosa. A famosa região T do rosto (testa, nariz e queixo) é bem mais oleosa do que as bochechas e há regiões com mais poros abertos que outros.

Pele normal

Equilíbrio é a palavra que combina com ela! Quando bem cuidada, tem uma aparência saudável, um equilíbrio incrível entre os níveis de óleo, água e ressecamento.

O aspecto de um toque aveludado não nos deixa mentir a pouca evidência dos poros.

O segundo passo: cuidando dela

É chegada a hora de colocar a mão na massa! 

Como cuidar da pele seca?

Hidratação, hidratação e mais hidratação! É disto que ela gosta! Invista em hidratantes potentes e que sejam ricos em óleos naturais para promover a renovação celular, aumentar os níveis de água e protegê-la da ação de agentes externos (principalmente o sol, que pode ressecar ainda mais).

Como cuidar da pele oleosa?

Aqui não queremos mais sebo, certo? Então, claramente, evitaremos cremes hidratantes produzidos com muito óleo.

Mas há um ponto controverso: para combater o excesso de oleosidade, utilizar produtos de limpeza à base de óleo é ótimo para combater o brilho! Isto acontece porque o brilho em excesso é eliminado sem desidratar e ressecar a pele.

Interessante, né?

Como cuidar da pele mista?

Como aqui a pele se divide entre os dois mundos, o ideal é utilizar produtos para pele seca nas regiões secas (bochechas e extremidades) e produtos para pele oleosa nas regiões oleosas (testa, nariz e queixo).

Assim atenderemos as diferentes necessidades, sem desidratar e aumentar a parte não tão benéfica de cada uma.

Entre os três tipos, o produto que mais se dá bem e promove resultados de remoção de impurezas e uma hidratação saudável é a queridíssima água termal (ela é o ícone dos cuidados com a pele, certamente).

Como cuidar da pele normal?

Aqui estamos falando de equilíbrio e de uma aparência sem excessos. Não há nada que lhe falte e nada que esteja presente de forma demasiada. A notícia ruim é que as linhas de expressão nas regiões dos olhos podem aparecer de uma maneira mais precoce.

Somente uma rotina de cuidados para prevenir e mantê-la saudável: hidratação, limpeza, tonificação e proteção contra os agentes externos é prioridade.

 

O terceiro passo: sendo constante

Não tem vontade que não se concretize com um pouquinho (ou muito) de tentativas, esforços e uma rotina focada.

Em tempos em que o autocuidado está sendo muito discutido e amado, sabemos bem que o que nos torna saudáveis e com uma cútis super bem aparentada é a constância de cuidados rotineiros, de uma alimentação balanceada e ingestão de água.

A nossa dica é: separe 15 minutinhos pela manhã e mais 15 pela noite para se dedicar à sua pele! Hidratação, remoção de impurezas e reposição de nutrientes importantes são ações que farão toda a diferença.

 

Estamos com você nessa! 

Olha só os produtos da Clorofitum que podem te ajudar e trazer benefícios surpreendentes:

O aspecto macio e a hidratação impecável vão te cativar. Saiba mais!
Com ela, hidratação, aumento da energia celular e produção de proteínas não falta. Saiba mais!
É um docinho (sem açúcar) rico em proteína de alta absorção que reduz rugas e melhora o aspecto da pele que você pediu? Saiba mais!

Com certeza agora você já tem as ferramentas e o conhecimento para nos dizer qual é o tipo da sua pele! Quando sabemos o que devemos procurar, tudo fica mais fácil, né?

Bora dar à nossa pele o que ela merece! Em caso de dúvidas, não se esqueça de deixar nos comentários aqui embaixo ou nos mandar uma mensagem, ok?

Leia também:
Cuidados com a pele em diferentes fases da vida
Saiba tudo sobre os cuidados com a pele no calor e se proteja!

Com carinho,
Clorofitum.

You May Also Like

Tons de loiro: como escolher o tom que mais combina com você

Empoderamento feminino: 10 livros que toda mulher deveria ler

Cabelo colorido: o que a cor do seu cabelo diz sobre você?

Saúde da mulher: saiba quais são os cuidados que você precisa ter

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *