7 erros fatais na hora de fazer a gestão do seu salão de beleza

A regra é muito clara: para que um salão de beleza consiga sobreviver, passar por fases boas e ruins e sempre estar de portas abertas, o primeiro passo começa sabendo gerenciar os processos, entradas e saídas com sabedoria e intencionalidade.

Claro que ter um espaço aconchegante, investir em funcionários qualificados e em produtos poderosos é super importante. Mas, por outro lado, a boa gestão é justamente para você não cometer erros que comprometam o andamento do seu negócio.

São ajustes simples de serem aplicados, mas que não perdem o seu glamour dada a importância que têm.

Prepara-se para cumprir com todos os seus compromissos administrativos, ter um negócio rentável e promissor e identificar os principais erros que te impedem de avançar.

Imagem: Envato Elements

O que fazer para que o meu salão de beleza não quebre?

Segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), cerca de 1 milhão de novos empreendimentos fecham por ano no Brasil.

E sabe qual é o principal motivo?

Má gestão.

Por mais que crises venham e que não haja grandes estímulos ao empreendedorismo no Brasil, a gestão do salão é a maneira mais eficaz de executar, promover e realizar as atividades necessárias para aprimorar os processos e continuar vivo no mercado.

Para além de ser um profissional espetacular, que impressiona os clientes, também é preciso cuidar dos sistemas, fazer um fundo de reserva, controlar o estoque, ter metas claras…

Por isso que saber os principais erros é mais do que necessário para que você não fique na mão.

Já conhece os principais erros?

Esteja atento a eles para não cometê-los mais.

1- Parar de estudar e se atualizar

Para estar em constante crescimento, é necessário estar em constante transformação. Assim como para ser um profissional qualificado é preciso se qualificar, para ser um bom gestor do próprio negócio também.

Por isso, entender quais são as áreas que compõem o seu negócio ajuda na hora de se aperfeiçoar. Financeiro, Marketing, Vendas, Desenvolvimento e Inovação são algumas delas. 

2 – Não ter uma lista de clientes atualizada

Mesmo que você ainda não tenha um sistema para organizar os dados, tenha pelo menos uma planilha bem estruturada. Armazenar dados básicos e informações importantes de clientes, como nome completo, data de aniversário, os últimos procedimentos que fez e os principais obstáculos que enfrenta com o seu negócio, é essencial para fazer uma recorrência de vendas.

Imagine que a cliente passou por um procedimento capilar com você que dura 3 meses. Quando estiver próximo a completar este tempo, você pode coletar suas informações na planilha e contactá-la para um possível retorno.

3 – Não ter um fundo Socorro

Fundo Socorro nada mais é do que um fundo reserva para novos investimentos ou meses de baixa procura. Guardando uma porcentagem mensal do lucro, você pode investir em melhorias no espaço e nos equipamentos, e ainda não se desesperar quando algum imprevisto acontecer.

4 – Preocupar-se apenas com a venda

Um dos erros mais fatais na gestão de qualquer negócio é não se importar em fazer um diagnóstico do cliente, ou conhecê-lo melhor, e já querer ofertar os produtos e serviços mais caros que você tem.

Não funciona assim.

Muito cuidado! Clientes insatisfeitos não voltam e ainda não recomendam o seu salão de beleza. Portanto, ofereça aquilo que, de fato, seja o melhor para ele.

5 – Não surpreender a clientela

Principalmente para profissionais que mexem com a autoestima de pessoas, como você, o cliente sai de casa e vai até você para ser surpreendido.

Por isso, supere as expectativas dele entregando um kitzinho com orientações importantes para ele manter os cuidados em casa, por exemplo. Ou de enviar uma mensagem após alguns dias perguntando se está tudo bem com as madeixas.

Importar-se é a chave de uma boa gestão.

6 – Não se atentar ao desperdício

Engane-se o profissional que acha que controlando os produtos já está fazendo o suficiente. Pelo contrário: o controle precisa estar em tudo que faz o seu salão acontecer todos os dias.

Água, gás e luz são alguns deles.

7 – Esquecer-se que sua imagem ajuda no crescimento da procura e das vendas

Tanto o Marketing pessoal, que é a sua imagem própria, quanto a divulgação do seu negócio nas redes sociais é imprescindível para que a gestão fique ainda mais profissionalizada.

Por ser profissional de beleza, a sua imagem pessoal precisa estar congruente e com um aspecto de bem cuidada – afinal, estamos falando da porta de entrada do seu negócio.

Além disso, seu salão precisa ser cada vez mais visto para ser lembrado e desejado. As redes sociais serão mais que amigas neste processo.

Saiba como alavancar seu negócio na internet.

Na gestão do salão de beleza, tudo que é organizado traz mais resultados positivos e chances de prosperar. Afinal, tudo que é bem administrado tem altas oportunidades de ser controlado.

Topa ter uma gestão mais efetiva? Comece já selecionando produtos personalizados e de altíssima qualidade para o seu atendimento.

Com carinho,

Clorofitum.

You May Also Like

Empoderamento feminino: 10 livros que toda mulher deveria ler

Cabelo colorido: o que a cor do seu cabelo diz sobre você?

Saúde da mulher: saiba quais são os cuidados que você precisa ter

Cabelo envelhece? Saiba o que fazer com os sinais do envelhecimento

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *