Como cumprir as promessas de ano novo?

Guardar dinheiro, perder uns quilinhos, começar um novo projeto, ser firme na academia, fazer as pazes com alguém… As promessas de ano novo são sempre intensas, mas nem tanto cumpridas.

Um estudo americano diz que 88% das pessoas até iniciam novos hábitos logo após o Réveillon, mas abandonam logo em fevereiro.

Se você também tem muita dificuldade de tirar as ideias e metas do papel, e torná-las hábitos, 2022 será diferente depois da conversa de hoje.

Não é saudável nem sustentável apenas apontar o dedo para os seus erros e não traçar ações para mudá-los. Então, vem com a gente!

Imagem: Envato Elements

Um ano novo cheio de bons hábitos

Os estudos norte-americanos assustam: enquanto 88% de nós não consegue levar os projetos e novos hábitos adiante, apenas 8% leva adiante e tem sucesso.

Ou seja: temos muita facilidade em prometer, mas quase nenhuma em cumprir. Na grande maioria dos casos, isso acontece devido à “síndrome da falsa esperança” e das metas irreais que traçamos para nós mesmos.

Se você sempre se encontra neste círculo vicioso de prometer e não cumprir, prometer e não cumprir, prometer e não cumprir… Calma! Capacidade você tem. Agora só falta estratégia, práticas e mudança de mentalidade para entender que “você não só quer, como pode!”.

Como tirar as promessas do papel?

Antes de tudo, entenda algo muuuuito essencial para ter um 2022 bem mais tranquilo: há promessas e metas que não serão cumpridas no prazo de 12 meses.

aquelas que dependem de terceiros, como mudança de carreira/cargo e aquelas que são para a vida toda, como se alimentar melhor.

Ou seja: 12 meses podem não ser suficientes para algumas das anotações que estão aí no seu papel ou na sua mente, mas com certeza é tempo o suficiente para tirá-los do papel!

Então vamos lá:

As metas e promessas de ano novo precisam ser reais

Nada de querer metas irreais só porque elas parecem boas, ok?

Sempre que pensar em algo, pense se segue a ferramenta SMART:

  • Específica;
  • Mensurável;
  • Atingível;
  • Realista;
  • Temporal.

Metas boas são aquelas que conseguimos realizar, certo?

Não ser generalista é o poder

Esta ferramenta SMART nos ajuda a, literalmente, sair do lugar. Olha só o exemplo: chega ano novo e você pensa “quero ganhar mais dinheiro”.

Justo, mas não é suficiente.

Mude a mentalidade para torná-la mais real: quero ganhar 800 reais a mais por mês a partir de março. Para isso, vou começar a fazer revenda de produtos de beleza. Se eu vender 10 por mês, já posso até ultrapassar o valor.

Percebe como eu saio da zona do generalista e venho para um cenário possível? É sobre isso!

Rever as prioridades exclui o que é desnecessário

Aposto que você tem muitos planos, ideias e sonhos, né? Mas isso de querer muito e tudo ainda pode nos atropelar.

Seja gentil com você e considere o tempo que tem pela frente em cada virada de ano. Se você tem uma lista com 10 itens, por exemplo, elenque por ordem de prioridade e sentido para o seu momento de agora.

O que mais importa e o que é mais urgente? Comece por elas 🙂

Facilite a sua vida e a execução dos novos hábitos

Se uma das promessas do ano novo é ter uma vida mais saudável, com pelo menos 3x de atividade física por semana, já leva a roupa e o tênis na bolsa quando for sair para não ter nem o perigo de ficar com preguiça quando chegar em casa.

Se a meta é economizar 10% do que recebe todo mês, estabelecer limites de gastos para cada área ajuda a não ter que ficar fazendo contas muito burocráticas depois.

E assim por diante. Tudo o que vier para facilitar, pode te mudar (pra melhor, hein?!).

Sonhe bem alto, mas não tire os pés do chão

Não trace metas ou faça promessas que não te desafiem ou te movam. Trace aquelas que são sonhos e grandes desejos, e que representam desafios.

Bem no fundo, a gente gosta e se motiva mais com o que não é fácil demais.

Mas, claro, precisa ser atingível e real.

Compartilhe com alguém especial

Meta e promessa boa é aquela que podemos compartilhar com alguém bem próximo. Você pode tanto dizer para uma pessoa de muita confiança sobre o que quer para este ano novo (sim, ela vai te cobrar), ou também chamar alguém para se unir a você.

O que fazemos em conjunto pode nos motivar ainda mais.

Imagem: Envato Elements

Celebre os avanços

Nada como ser eternamente agradecido por seus próprios avanços. É simplesmente uma delícia comemorar seus pequenos passos simplesmente porque eles mostram que você está saindo do lugar.

Celebre se mimando, cuidando de você, da sua autoestima, tomando um bom champanhe ou simplesmente tirando um dia para fazer um hobby seu.

Neste processo, esquece de você não, tá?

Fala sério: é frustrante ficar passando ano pós ano e sentir que está avançando bem menos do que gostaria ou que nada do que planejou está de fato acontecendo, né?

Com a conversa de hoje com certeza você já percebeu que querer é essencial, mas desejar e traçar um plano de ações é onde está o poder.

Agora o seu ano novo nunca mais será o mesmo! Aproveita e comenta aqui embaixo por qual dessas dicas você já vai começar colocando em prática 🙂

Com carinho,Clorofitum.

You May Also Like

Metas SMART: o que são e como podem revolucionar o seu negócio?

Horta em apartamento é um sonho possível! Veja o passo a passo

Lucratividade no cenário pós-pandemia: como ter um negócio de sucesso?

Empreendedorismo digital: 5 dicas para empreender no mercado da beleza

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *