16 termos mais utilizados na pandemia – Juntos no combate!

Com toda a certeza, a pandemia causada pela COVID-19 exige inúmeras descobertas e ressignificações de nós. Dentre elas, está a resiliência, a empatia e a capacidade de nos aperfeiçoarmos para salvar e proteger vidas.

Em momentos como este, toda ajuda é bem-vinda e muito importante para que saíamos o quanto antes dessa situação. O acesso a informações e a explicações verdadeiras também é uma forma de combate! 

Pensando nisso, montamos um glossário de termos que foram fortemente introduzidos no nosso vocabulário e são utilizados com frequência pela imprensa e profissionais da saúde.

Vamos nos manter informados? Neste artigo, você descobrirá um universo de significados.

COVID-19 e o novo mundo

Desde março, quando a pandemia realmente teve início no Brasil, tivemos que dar novos significados até na forma como nos conectamos e nos fazemos presentes para as pessoas que amamos e consideramos. 

De uma hora para outra, a nossa rotina, maneira de trabalhar, de comemorar em um happy hour e até de cuidar dos cabelos passou por grandes transformações. De repente, tivemos que substituir o presencial por uma tela do computador ou celular. 

Mas tudo isso para o bem! Sim, acreditamos que o distanciamento social exige paciência e redobramentos, entretanto é uma maneira potente que temos em mãos de salvar vidas. 

Você já se pegou dizendo termos que até o início deste ano nem sequer conhecia? Hospital de campanha, assintomático, paciente zero e quarentena são alguns deles. 

Quem nunca pensou que 40 dias é equivalente ao período da quarentena, né? 

Então, vamos ao nosso glossário para esclarecimento dos termos!

Glossário #Clorofitum – A pandemia por trás dos significados 

Pandemia 

Pandemia é quando há disseminação a nível mundial (em pelo menos três continentes) de uma enfermidade, tornando-se um problema de saúde global. 

Quarentena 

Quarentena é o período em que indivíduos que possivelmente tiveram contato com o vírus ficam em reclusão. O tempo é determinado levando em consideração o período de incubação da doença. No caso da COVID-19, são 14 dias. 

Isolamento social 

Diferente da quarentena, os indivíduos que precisam ficar em isolamento social são aqueles que, normalmente, já foram infectados. O isolamento pode acontecer em domicílio ou em alguma unidade hospitalar. 

Lockdown 

Confinamento, em português, este é o nível mais alto de controle e rigidez para desacelerar a pandemia. Inseridos neste regime, a população é obrigada a ficar em casa e há controle até mesmo para frequentar serviços essenciais, como supermercados.

Paciente zero 

Paciente zero é o primeiro indivíduo acometido pela doença em todo o mundo. 

Taxa de transmissão 

É a capacidade que um infectado pode transmitir para outras pessoas. No caso da COVID-19, a proporção é de 2 a 3 – o que significa dizer que um indivíduo acometido pela doença pode transmitir para mais 2 ou 3 pessoas.

Hospitais de campanha 

Os hospitais de campanha são unidades hospitalares construídas em caráter emergencial e móvel, como em caso de calamidade pública. São equipados para atender pacientes que o sistema de saúde local já não comporta mais. 

Assintomáticos

Por assintomáticos entende-se pacientes que estejam infectados, mas que não apresentam sintomas aparentes. Contudo, muito cuidado porque ainda assim transmitem o vírus!

Estado de calamidade pública 

O estado de calamidade pública é decretado por autoridades e pode ser feito a nível municipal, estadual ou nacional. Acontece quando a situação é anormal e pode sair do controle a qualquer momento. 

Com o decreto em vigor, governos ficam autorizados a fazer investimentos não previstos livremente e sem licitação, como compras urgentes de equipamentos e contratação de profissionais capacitados para reverter a situação.

EPI 

A sigla remete aos Equipamentos de Proteção Individual, como máscaras e luvas, que são obrigatoriamente utilizados por profissionais da saúde para proteção de possíveis infecções. Em caráter emergencial e combativo, esta obrigatoriedade se estendeu à população. 

Achatamento da curva 

A priorização do achatamento da curva se dá em casos emergenciais, principalmente. Adota-se medidas para desacelerar os casos positivos e mortes causadas pela doença, dando um tempo maior para que o sistema de saúde não entre em colapso.

Período de incubação do vírus

Este é o período que marca o intervalo de tempo em que o indivíduo fora exposto ao vírus até que apresente sintomas da doença. No caso da COVID-19, estudos comprovam que a incubação se dá por até 14 dias.

Subnotificação 

A subnotificação pode indicar um quadro perigoso e delicado, porque representa o número de casos positivos que fica de fora das estatísticas oficiais e diárias da doença. Isto acontece com casos que não conseguiram chegar até uma unidade hospitalar, à falta de disponibilidade de testes ou demora nos resultados. 

Comorbidade 

Utilizado pelos profissionais da saúde, comorbidade é o termo que se refere a pacientes que possuem doenças coexistentes no organismo. Como exemplo, podemos citar indivíduos que contraíram o vírus da COVID-19 e já convivem com hipertensão e diabetes. 

Telemedicina 

No Brasil, diante à situação de calamidade pública, o Conselho Federal de Medicina (CFM) juntamente com o Ministério da Saúde permitiram que serviços médicos, como os atendimentos, sejam feitos de maneira remota para facilitar e potencializar o combate à pandemia. Telemedicina é o nome que se dá ao atendimento médico remoto. 

Colapso do sistema de saúde 

O sistema de saúde entra em colapso quando a sua capacidade já não suporta mais pacientes. Neste caso, todos os leitos já estão ocupados e é preciso pensar em novas maneiras de desacelerar a doença. Lockdown e hospitais de campanha são algumas das opções possíveis. 

Esperamos que este glossário tenha te munido ainda mais de informação, viu? Vamos nos cuidar cada vez mais para que esta doença tão cruel não acometa ainda mais pessoas. 

Sintam o abraço virtual da Clorofitum a cada um de vocês e se cuidem, afinal, por mais protegidos que estejamos, lembrem-se de que esta doença não escolhe idade, gênero ou nacionalidade. 

Também aproveitamos para deixar os mais sinceros sentimentos caso tenham alguém conhecido que fora acometido pela COVID-19. 

Juntos, sairemos da pandemia o quanto antes. Enquanto não pudermos estar juntos, vamos nos falando por aqui.

Com carinho,

Clorofitum.

You May Also Like

Tons de loiro: como escolher o tom que mais combina com você

Empoderamento feminino: 10 livros que toda mulher deveria ler

Cabelo colorido: o que a cor do seu cabelo diz sobre você?

Saúde da mulher: saiba quais são os cuidados que você precisa ter

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *