9 erros que impedem o crescimento de franquias de sucesso

O investimento em franquias de sucesso, que já estão consolidadas no mercado, tem sido uma aposta cada vez mais frequente de empreendedores que queiram dar um salto generoso na carreira. Além de serem um modelo seguro de negócio, têm sobrevivido e crescido mesmo em tempos de crise.

É o que mostram estudos completos de crises anteriores: durante a crise financeira que assolou o Brasil em 2014, a Associação Brasileira de Franchising constatou um crescimento de 7,7% no faturamento e nos postos de trabalho. Durante a pandemia, o crescimento não parou e ainda se tornou uma saída para muitos brasileiros.

Principalmente as franquias home based, que exigem baixos investimentos e ainda têm respaldo da marca, a taxa de retorno costuma ser alta e rápida – além de ser boa saída para empreendedores.

Evidentemente, nada disso é possível sem que haja comprometimento e aplicação de estratégias pelo franqueado: é preciso estar engajado com o crescimento da franquia.

Conheça agora os maiores erros que podem impedir que a sua franquia voe!

1 – Não saber para quem você vende

Aqui mora um dos erros mais clássicos e mais perigosos no processo de gestão de negócios. O famoso “quero vender para todo mundo” já caiu por terra há tempos.

O Marketing de hoje se orienta para um mercado cada vez mais segmentado, com características e desejos únicos, e totalmente centrado no comprador.

Com isto, conhecer para quem você vende é essencial para entender o que seu público procura e espera de você.

Para definir, pense nas seguintes perguntas:

  • Qual o gênero predominante?
  • E a faixa etária?
  • Qual a faixa salarial do meu público?
  • Qual o tom de linguagem ele gosta de conversar?
  • Como é o dia a dia dele?
  • Por que ele precisa dos meus produtos?
  • Qual transformação posso levar para a vida dele?

2 – Não ter a franqueadora como um respaldo

A grande vantagem de ser um franqueado é que você tem o respaldo de uma marca que já tem um nome forte e renomado no mercado.

Não usufruir disto é não ter com quem contar, tirar suas dúvidas e se amparar ao longo da jornada empreendedora.

3 – Não alinhar à comunicação da marca

É preciso tomar bastante cuidado para não descaracterizar a marca ou dar um novo “rosto” à marca da sua franquia. As franquias de sucesso seguem o padrão da comunicação, tom de voz e alinham as estratégias ao franqueador.

Este é um caminho bastante interessante porque, além de não confundir a mente do seu público com uma comunicação que não corresponde à marca que você vende, torna seu trabalho muito mais eficaz e profissional.

A comunicação diz respeito às cores, fontes, cores, tom de voz e toda a qualidade apresentada pela marca.

4 – Negligenciar o Marketing Digital

Principalmente após o impulsionamento tecnológico acelerado pela pandemia, o boom tecnológico veio para ficar e impulsionar negócios no meio online.

Estar presente nas plataformas digitais dá mais visibilidade à sua franquia e, por consequência, gera mais vendas.

Mas, muito cuidado porque só estar online não é suficiente: é preciso utilizar as estratégias certas para transmitir confiança e autoridade para quem te acompanha.

Aí vão algumas essenciais:

  • Seguir uma identidade visual;
  • Vender os benefícios dos seus produtos (e não eles em si);
  • Manter a “casa” arrumada. Perfis alinhados chamam mais atenção e passam mais credibilidade;
  • Trazer o seu rosto para humanizar o seu perfil. O novo comportamento do consumidor aponta para conexão imediata com pessoas, histórias, valores e propósitos.

Marketing Digital para franqueados: conquista mais clientes para a sua franquia!

5 – Não ser consistente e frequente

A produção de conteúdo de qualidade e centrada no seu público é o que vai determinar o seu nível de maturidade no mercado e no quanto as pessoas confiarão em você.

Quanto mais você mostra que sabe, que se preocupa e agrega à vida de quem se interessa pelos seus produtos, mais gratas e propensas à retribuir a sua audiência ficará.

Como vivemos na Era da Informação e disputamos a atenção do nosso consumidor a cada segundo, estar presente diariamente é imprescindível.

6 – Negligenciar a gestão financeira

De nada adianta ter franquias de sucesso e vender bastante, e uma gestão financeira que deixa a desejar. Saber lidar com o dinheiro é uma garantia de que o seu fluxo de caixa se manterá saudável, que você conseguirá administrar bem o dinheiro que entra e sai, o estoque e os investimentos.

Enquanto este entendimento não for priorizado, a obtenção de lucro estará mais distante.

7 – Foco total na quantidade de vendas (e não na qualidade)

Vender é importante para que qualquer negócio seja sustentável a longo prazo. Mas, já parou para pensar que as vendas não ocorrem se não atender o nível de qualidade que o seu consumidor espera de você?

Pois é!

É por isso que desenvolver um Marketing centrado no seu cliente e priorizar atendê-lo com atenção, levando as melhores soluções possíveis até ele, é uma etapa meeega certeira da sua franquia.

8 – Ter a franquia como uma distribuidora de produtos

Atenção, muita atenção, para o alerta de perigo: sua franquia não é um centro distribuidor de produtos, mas sim um canal de captação, relacionamento e de valor para o seu cliente.

Enquanto não existir a produção de conteúdo de valor, canais de relacionamento e consideração genuína pelo consumidor, a venda não irá acontecer.

Afinal, como já dissemos anteriormente, pessoas se conectam com pessoas (e não com um CNPJ desconhecido).

9 – Não ter pontos de contato com o cliente

O consumidor tem dúvidas, sugestões, reclamações e também precisa de conselhos. Disponibilizar canais eficientes para que ele entre em contato com você garante que uma compra feliz seja feita e ele se fidelize à sua franquia.

Quanto maiores forem as dificuldades dele no processo de compra, menos chances ele terá de voltar a consumir de você.

Conheça as franquias de sucesso que não param de crescer

As franquias de produtos de beleza não param de crescer e de nos surpreender positivamente: o brasileiro investe mais em produtos de beleza do que alimentícios (IBGE) e a taxa de crescimento anual atinge uma receita de cerca de 100 bilhões de reais (ABIHPEC).

Surpreendente, né? Não é por menos que esta tem sido uma grande aposta de muitos empreendedores.

Este é um mercado com muitas facilidades de entrada, revolucionado pelo boom tecnológico, aumento da demanda por profissionalização e que não para de ser motivado por uma geração de consumidores que imploram por mais qualidade de vida.

Saiba mais sobre as franquias de beleza da Clorofitum Cosméticos

O consumidor de hoje está cansado de marcas que não agregam valor algum à vida dele e que só pensam em vender a qualquer custo. Valorize cada um que comprar de você porque este é o grande diferencial de franquias de sucesso.

Vamos lá fazer acontecer? Nos envie uma mensagem para podermos conversar melhor 😊

 

Com carinho,

Clorofitum.

You May Also Like

Empoderamento feminino: 10 livros que toda mulher deveria ler

Cabelo colorido: o que a cor do seu cabelo diz sobre você?

Saúde da mulher: saiba quais são os cuidados que você precisa ter

7 erros fatais na hora de fazer a gestão do seu salão de beleza

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *