Transição para o grisalho: dicas para se amar na nova fase

Novos ares, novas fases, novas lições e novos desafios. Não precisa ter medo dos fios brancos. Quando eles começam a aparecer é só um indício de que o grisalho tem o seu poder.

Por muito tempo o cabelo branco era associado somente à desleixo e falta de cuidado com a imagem. Mas, agora que vivemos novos tempos, ele passou a ser associado com força, poder, coragem, maturidade e sensualidade.

Agora, uma coisa é certa: abandonar a tintura e colocação, e assumir a branquitude, nem sempre é uma tarefa fácil.

Mas, se está decidida a trazer muita maturidade e sensualidade para a sua imagem, continue aqui na leitura 🙂

Chegou a fase da descoberta, autoestima e desafios

Siiiiiim! A transição para o grisalho te levará para um lugar muito transformador e bonito, mas virá com desafios. Que a verdade seja dita, né?

A transição de um ponto ao outro nem sempre é um caminho muito fácil e seguro, já que nos leva a deixar para trás hábitos como tintura e coloração, e abre um caminho para a aparição de fios com texturas e tonalidades diferentes.

Com o tanto de novas grisalhas que o período de pandemia fez surgir, técnicas foram avançando para que toda esta descoberta nos levasse, de fato, à autoestima.

Uma delas se chama “gray blending” e acelera o processo para quem não quer esperar tooooda a transição acontecer naturalmente (que pode demorar meses).

Ela simplesmente ajuda a dar continuidade ao tom branco da raiz com luzes bem fininhas e discretas que ajudam a tonalizar as várias tonalidades que estão no cabelo e a deixar tudo mais natural.

Crédito: Tendencee / Pinterest

Para as mulheres que buscam mais ousadia, também há a opção do big chop, que é o grande corte, ou da espera natural até que os tons se uniformizem.

5 dicas para chegar ao grisalho

Sabemos bem que chegar à imagem de poder, maturidade e sucesso requer tempo e coragem.

Mas também sabemos que transmitir uma imagem de força e despertar admiração é muito bom!

Então, aperte os cintos e vamos às dicas:

  1. Você precisa querer

Parece óbvio dizer, mas não é. O “querer ser grisalha” precisa ser uma vontade que parte de você (e não de convenções ou agrados sociais).

Este é, inclusive, o passo mais importante de todo este processo. Isso porque haverá períodos desta transição em que as tonalidades não estarão harmônicas e que os fios te exigirão muitos cuidados mesmo que ainda não estejam com a aparência que você gostaria.

Então, se a vontade não partir de você, o caminho pode ser muito mais penoso.

     2. Uma boa ousadia requer tempo

Se optou por fazer o big chop e esbanjar um corte curto bem autêntico, a recomendação é que espere seu cabelo crescer por cerca de 5 meses.

Este é um tempo maravilhoso para que o cabelo cresça uns 6 centímetros e já te permita um corte grisalho bem legal.

    3. Tenha aliados na jornada

É impossível vencer uma luta com dignidade sem fazer uso de instrumentos do bem. Assim como é impossível levar uma vida leve sem bons amigos ao lado.

Por isso, produtinhos do bem que tornam seu processo mais natural e seus fios mais saudáveis.

Miracle Platinum Shampoo Corretivo 300ml

Este é o rei da limpeza e neutralização dos tons amarelados do seu grisalho.

Miracle Platinum Pós-Shampoo 300ml

Este daqui é como se fosse a coroa do rei. É utilizado após o shampoo para hidratar e condicionar o seu cabelo, e proporcionar continuidade à neutralização dos diferentes tons.

Miracle Platinum Leave-in 230g 

Pra completar a saúde do seu amado grisalho, agora é hora de utilizar este querido que vai prolongar o efeito desamarelador e a boa aparência dos fios.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Clorofitum Cosméticos Oficial (@clorofitum.oficial)

          4. Visite o seu salão de beleza com frequência

Por mais que os produtinhos sejam essenciais e ajudem muito com os cuidados em casa, visitar o seu salão pelo menos a cada 2 meses é importantíssimo para intensificar o tratamento.

Afinal, o seu cabeleireiro sabe técnicas e tem um conhecimento bem mais profundo sobre as características e necessidades do seu cabelitcho.

          5.Estilize o seu grisalho quando necessário

Após usar o seu leave-in, que vai proteger e blindar seus fios, pode utilizar alguma ferramenta térmica de vez em quando.

Naqueles dias mais difíceis, em que o seu grisalho não está te agradando muito, fazer uns cachinhos ou dar uma armada com jato quente pode ser uma boa.

A verdade é que o cabelo grisalho pode te render um processo de transição não só capilar, mas também de transformações internas muito lindas.

Comece abastecendo a sua prateleira com os produtinhos que foram feitos e pensados para os seus branquinhos autênticos.

Com carinho,

Clorofitum.

You May Also Like

Cuidados indispensáveis para dar fim ao cabelo loiro ressecado

Manual de como escolher um bom cabeleireiro e não cair em pegadinhas

Top 9 shampoos veganos que você vai amar testar

Cabelo quebradiço, fraco e sem resistência? Só tem um componente que pode te ajudar!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *