Vamos lavar o cabelo do jeito certo? Conheça os 10 erros mais comuns

Já ouviu falar que o certo pode não ser mais tão certo e que o tradicional perde para as novas maneiras de se fazer algo? Isto se aplica tanto às grandes inovações tecnológicas quanto aos procedimentos do dia a dia, como lavar o cabelo.

Sabia que uma simples lavagem, além de fazer parte da nossa rotina de cuidados, contribui para melhorar ou prejudicar a saúde dos fios?

Seja crespa, cacheada, lisa ou ondulada: o importante é aprendermos de uma vez por todas os procedimentos mais importantes e como não repetirmos erros fatais.

Preparada para lavar o cabelo do jeito certo? Boraaaaa!

 

Calma! Ainda precisamos nos preparar!

É claro que para todo procedimento, inovação e tentativas de melhorias, há sempre uma preparação e testagem que antecede o resultado esperado.

Em outras palavras, diríamos que precisamos fazer bonito e mostrar (até mesmo para o nosso cabelo) que queremos ele lindão e super saudável!

No caso de produtos que são lançados ao mercado, antes mesmo de chegar às nossas mãos, eles passam por várias etapas: reconhecimento da necessidade, conserto de erros aparentes, testagem da eficácia e introdução na nossa rotina são algumas delas.

A testagem é uma das partes mais importantes!

Olha só os motivos:

É preciso dar match com os produtos

É aqui que estaremos mais próximas de dar match com produtos que foram desenvolvidos para o nosso tipo de cabelo.

Afinal, se um shampoo deu super certo no cabelo da sua amiga, não significa que ele dará no seu, ok?

E sabe por quê? A textura, tipo, cor, modelagem e cuidados são diferentes.

Por isto, vamos recordar essas dicas super infalíveis do nosso artigo Tipos de cabelo: identifique a curvatura dos seus fios e inove nos cuidados

PARA CABELOS TIPO 1 (lisos)
  • Utilize produtos desenvolvidos para cabelos oleosos;
  • Os hidratantes e condicionadores devem ser utilizados apenas nas pontas; 
  • O condicionador não deve ser denso;
  • Previna as pontas duplas com o produto certo;
  • As lavagens devem ser constantes devido ao excesso de oleosidade.
PARA CABELOS TIPO 2 (ondulados)
  • Substitua os cremes por mousses e géis;
  • Utilize finalizadores antifrizz;
  • Caso queira um cacho um pouco mais definido, invista em um ativador de cachos bem ameno. 
PARA CABELOS TIPO 3 (cacheados)
  • Use e abuse de produtos leave-ins e ativadores de cachos
  • Utilize finalizadores antifrizz; 
  • Utilize hidratantes para amenizar o ressecamento;
  • Cremes e óleos são essenciais para manter o brilho e a força.
PARA CABELOS TIPO 4 (crespos)
  • Hidratação é a palavra de ordem;
  • Não o lave todos os dias: é importante para que as vitaminas e o pouco de oleosidade natural sejam mantidas por mais tempo;
  • Invista em óleos naturais, como o de coco e argan, para selar todos os cuidados e manter a hidratação nos fios.

Frequência de lavagem

Este é até um assunto delicado, porque enquanto alguns dizem sobre a ineficácia e aspectos prejudiciais de se lavar o cabelo todos os dias, outros apontam que a saúde está mesmo na constância de lavagens.

Na verdade, a resposta é: depende do seu estilo de vida e tipo de cabelo.

Por exemplo:

  • Os cabelos mais lisos tendem a ser mais oleosos e demandam uma lavagem mais frequente;
  • Já os cacheados e crespos são ressecados, menos oleosos e os nutrientes demoram mais tempo para alcançar as pontas. Por isso, jamais devem ser lavados com tanta frequência.

Então é preciso analisar o seu cabelo e determinar a frequência, ok?

Certo, agora que já finalizamos a preparação, bora saber como deve ser a lavagem para não errarmos mais!

Chegou a hora de verdade: 10 erros mais comuns ao lavar o cabelo

Sabe aquele cabelo de salão tão desejado, macio e cheiroso? Pois é! Talvez o segredo não esteja somente nos produtos utilizados e na qualidade do profissional, mas também na maneira como os fios são lavados…

Para pessoas leigas no assunto, provavelmente o que falta é uma pitada de gentileza, outra de delicadeza e, para a fechar a receita, um combo de conhecimento de que o couro cabeludo é mega importante.

Conheça 10 possíveis erros que você pode estar cometendo.

1. Temperatura da água

Já conversamos sobre este assunto antes, mas sempre precisamos reforçar: água quente é um crime para o nosso cabelo!

Na hora da lavagem, priorize água morna à fria.

2. Produtos incorretos

Já fizemos a preparação para a lavagem juntos, certo? Agora precisamos colocar em prática!

Para que os procedimentos sejam efetivos, utilize os produtos desenvolvidos para o seu tipo de cabelo e seja feliz! 😊 

3. Lugares errados para produtos certos

Shampoo é para o couro cabeludo (automaticamente ele já vai escorrer para o restante do fio), condicionador é para o comprimento e pontas, e máscara de tratamento é para todo o cabelo.

4. Manter excessos

Cuidado com produtos que não saem totalmente dos seus fios, viu? Enxágue muito bem para retirar o shampoo, condicionador e máscara por completo.

Somente os finalizadores devem ser deixados. 

5. Esquecer-se que gentileza gera gentileza

Seja gentil com o seu couro cabeludo. Ao aplicar o shampoo, massageie-o com as pontas dos dedos.

Jamais faça isso com as unhas porque as chances de agressão se tornam muito altas.

6. Uso inconsciente

Principalmente para o shampoo, que é o produto que mais utilizamos, não precisamos de mais de 1/4 da palma da mão para fazer a higienização do couro cabeludo.

7. Não ativar a circulação sanguínea

Quanto mais nos dedicarmos ao nosso couro cabeludo, mais sangue vai circular trazendo saúde e crescimento acelerado.

Dedique-se às massagens em movimentos “vai e vem”, viu?

8. Aplicar o condicionador do jeito errado

Muitas pessoas aplicam o produto esfregando o comprimento do cabelo. Acontece que isto reduz as chances de absorção dos nutrientes pelos fios.

O jeito é aplicar passando os dedos entre cada mecha, de modo cuidadoso e respeitoso.

9. Despender uma vida inteira para secar

Sabe aquela mania de sair do banho, enrolar o cabelo em uma toalha e ficar deitada na cama por horas? Não faça mais isso (pelo menos não com o seu cabelo)!

Aquela torção por tempo prolongado deixa os fios frágeis e propensos à quebra!

Além disso, opte por toalhas de microfibra ou de algodão para controlar o frizz, ok? Vai ver que vai dar bom! 😊

10. Levar bactérias à máscara de tratamento

O uso de uma espátula ou colher é de extrema importância para retirarmos o nosso produto com segurança!

Jamais devemos colocar a mão dentro do pote porque, além do excesso de água do chuveiro, ela é cheinha de bactérias e pode contaminar o nosso produtinho querido.

 

É na mudança de atitudes que percebemos o quanto estávamos errando, né? É também aí que damos uma nova chance e trazemos grandes melhorias para a nossa vida – até mesmo para algo tão básico e tão importante, como lavar o cabelo!

Bora agir para mudar?

Se ficou com alguma dúvida ou quer continuar esse papo com a gente, fique à vontade para nos enviar uma mensagem

 

Com carinho,

Clorofitum.

You May Also Like

Tons de loiro: como escolher o tom que mais combina com você

Empoderamento feminino: 10 livros que toda mulher deveria ler

Cabelo colorido: o que a cor do seu cabelo diz sobre você?

Saúde da mulher: saiba quais são os cuidados que você precisa ter

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *