Consumo consciente: como passar o ano com hábitos sustentáveis e sem excessos

Que a verdade seja dita: vemos muitos excessos e passadas do limite em dezembro e nas primeiras semanas do ano, né? Com isso, é claro que o consumo consciente passa bem longe da rotina de muita gente.

Mas aí depois logo vem o arrependimento: por que gastei demais? Por que comi demais? Por que não fiz escolhas mais conscientes?

Claro que temos que curtir e celebrar muito, mas um pouco de consciência não só faz muito bem, como contribui para a sua saúde e para o planeta.

E, convenhamos: tem coisa melhor do que fazer o bem e SER o bem?

Na conversa de hoje, saiba como evitar os excessos e se dar muito bem.

Consumo consciente: por mais saúde, beleza e um planeta mais feliz

Na época em que o mundo acelera, vive o desperdício e a compulsividade, adotar hábitos felizes e animados, porém conscientes e sustentáveis, pode fazer parte da sua realidade – assim como já faz da nossa desde 2001.

Comece separando looks que você já tem ou de segunda mão (fazer trocas com amigas é uma opção das boas);

Compre presentes de marcas que acreditem e promovem o consumo consciente e se preocupam o meio ambiente. Quanto mais o trabalho sustentável for incentivado, mais será propagado;

  1. Não precisa gastar muito para fazer uma decoração bem linda e aconchegante. Invista nos materiais que você já tem por aí e mãos à obra na criatividade. Garrafas pet podem dar asas à uma decoração lindíssima;
  2. Antes das refeições, ceias e confraternizações, faça um lanchinho. Este hábito vai te ajudar a chegar com menos fome e ansiedade. Consequentemente, com menos sede ao pote, você comerá com mais equilíbrio;
  3. Cuidado com o excesso de alimentos industrializados e com o baixo consumo de água. Seu corpo precisa eliminar tóxicas e ingerir bons nutrientes;
  4. Nesta época de reencontros, pode ser uma ótima ideia fazer troca de roupas com outras mamães e papais que tenham filhos com idades diferentes. Pra além do amigo oculto, já pensou em um bazar entre pais?
  5. Invista em receitas veganas maravilhosas. Nada como comer bem, gostoso e sem sofrimento algum, né?
  6. Se sobrar comida, evite o desperdício. A quantidade de pessoas passando fome é imensa. Faça porções para congelar e comer o que sobrou em outra oportunidade, e distribua entre os convidados;
  1. Na mesa, coloque suas louças para jogo. Sabe aquelas que você guarda à 7 chaves esperando por uma visita? Então! Assim fica com uma mesa bem bonita e festiva, e evita o uso de produtos descartáveis (como talheres e pratos de plástico);
  2. Estimule a doação. Seja de brinquedos, roupas, livros, alimentos. Tudo o que puder fazer a diferença na vida de alguém é válido;
  3. Prepara-se para as confraternizações com produtos veganos que não cuidam só da sua beleza, mas também do meio em que vivemos. É o seu momento de chegar com um cabelo e pele daaaaaquele jeito!
  4. Seja um exemplo para os pequenos. Se você tem filhos, sobrinhos ou netos, pode ser uma experiência bem legal envolvê-los e explicar a eles sobre a importância da sustentabilidade. Assim eles já vão crescendo em uma realidade mais verde 😉
  5. Se exagerar nas refeições, recorra às frutas cítricas, como limão e laranja, para te ajudar na digestão e diminuir as chances de azia;
  6. Consumo consciente também envolve a nossa mente: o que você consome, lê, emite e ouve. Cuidado com as informações e relacionamentos que pesam a sua mente, viu?
  1. Este período não precisa acabar com a sua saúde financeira. Definindo um orçamento limite fica muito mais fácil planejar as compras;
  2. Repense o uso de embalagens de presente e aposte naquelas que são reutilizáveis;
  3. Também tenha um consumo consciente do seu tempo gasto. Vá além do que é físico: gaste um tempo valioso com quem você ama.

Não deixe que os hábitos sustentáveis morram

Pode ser um grande desafio levar os hábitos adiante depois de um tempo. Por isso vamos revelar o que fazemos para sermos veganos e respeitar a natureza desde 2001:

  • Priorizamos a qualidade ao invés da quantidade;
  • Avaliamos a responsabilidade socioambiental de tudo o que compramos e produzimos;
  • Fazemos compras mais conscientes;
  • Reciclamos nossos lixos;
  • Apostando em produtos veganos;
  • Utilizando somente embalagens retornáveis;
  • Tendo um consumo consciente até no que fazemos em casa. Economizar luz e reaproveitar a água que lava a roupa, por exemplo, também é ótimo para as contas de início de mês.

Aproveitar todos estes momentos é maravilhoso e super necessário – principalmente após um ano com tantas notícias ruins.

Pensar em um consumo consciente, com opções mais gentis e bem pensadas, é um ponto de partida delicioso.

Responda aqui nos comentários: por qual ação você vai começar?

Com carinho,

Clorofitum.

You May Also Like

Dias de sol: os maiores erros de beleza cometidos na praia

6 truques para reviver o cabelo cacheado no day after

O que aprendemos com as mulheres poderosas e influentes da história

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *