Amor-próprio: 10 passos para chegar lá

Malala Yousfzai, uma das grandes líderes femininas mundiais, lutou pela educação de mulheres em um cenário completamente inóspito. Ela nos motiva em uma lição muito importante: o amor-próprio vem quando passamos a acreditar tanto em nós mesmas que, mesmo em meio às adversidades, jamais deixamos de dedicar tempo para as nossas próprias vontades, desejos e metas.

O sonho de ser uma pessoa reconhecida, amada e valorizada deve começar, primeiramente, dentro de nós. Este é o despertar de uma vida com mais autorrespeito, autorresponsabilidade e autorrealização.

Em um mundo onde a rotina nos consome, é preciso priorizar momentos íntimos, para que você perceba a si mesma, se conheça mais, saiba seus limites e, principalmente, se ame muito mais.

Aceita ir junto com a gente neste caminho transformador e prazeroso? Vamos lá!

 Antes de tudo, o que é amor-próprio?

Amor-próprio vai muito além de uma ação qualquer: é um estado de espírito que te faz se sentir bem consiga mesmo e a viver se respeitando mais. Em uma visão macro, percebemos que ele também influencia na relação que temos com outras pessoas e na forma como nos comportamos nos ambientes que frequentamos.

A verdade é que quando estamos bem conosco, nos tornamos mais confiantes para lidar com os outros e em relação à nossa própria imagem.

Apesar da busca ser um desafio, é uma necessidade constante de se valorizar, se respeitar e se olhar no espelho com mais afeto, afinal, é incrível a maneira como ele atinge o nosso nível físico, emocional e espiritual.

Assim, se sentindo mais confiante e se conhecendo mais, é difícil não perceber o quanto está se destacando, motivando pessoas e se tornando relevante para quem mais importa no mundo: você.

Prepare-se para realmente viver os 10 passos em busca deste amor

Depois que começar, vai perceber como esse desafio vai ficando cada vez menor e você vai amando cada vez mais esse encontro consigo.

Passo 1: Comemore suas pequenas vitórias

Os grandes acontecimentos ou eventos do ano acontecem uma vez ou outra. Já as pequenas vitórias, todos os dias. Devemos nos ancorar nesses pequenos momentos porque eles nos mostram o quanto estamos avançando.

Faça uma lista de agradecimentos e de acontecimentos bons, atualize-a constantemente e comemore suas pequenas vitórias se permitindo fazer algo que você gosta, viu? Elas são importantes!

Passo 2: Mantenha-se sempre atenta

O amor-próprio nos leva à um maior reconhecimento de quem somos, do que sentimos e desejamos. Assim se torna mais fácil desenvolver inteligência emocional e ter clareza do que você quer conquistar.

Esteja sempre atenta às suas emoções e aspirações, combinado?

Passo 3: Perdoe-se

Perdoar-se por tudo o que você não fez por você é um passo muito importante.

Pense só que, se você já fez algo que faria diferente hoje, certamente é porque não tinha as ferramentas e maturidade que tem agora. Então, para desenvolver os valores e senso crítico, com certeza foi preciso passar pelo que passou e estar outros caminhos.

Perdoar-se é um ato de amor muito genuíno e necessário.

Passo 4: Encontre o seu propósito

Por que e para que você se levanta todos os dias?

Este é um ensinamento muito importante da filosofia japonesa Ikigai. Quando sabemos o porquê nos levantamos, o nosso significado e o que queremos fazer no mundo, temos um motivo muito claro para nos levantar com energia, motivação e paixão todos os dias.

Sem dúvida alguma, pessoas que encontraram o seu porquê se conhecem e se amam muito mais.

Passo 5: Pratique o que te faz feliz

Olhe para você mesma e se pergunte: o que eu realmente gosto de fazer?

Desde ficar paralisada olhando para o teto até tirar um dia todo para cuidar de você, encontre essas atividades. Nossa mente, corpo e espírito precisam de momentos de prazer.

Passo 6: Faça sacrifícios

Tirar o que te faz mal e as pessoas que já não te acrescentam mais é um passo necessário nessa jornada de amor-próprio.

Lembre-se de algo importante: só conseguimos voar alto quando nos livramos de pesos desnecessários.

Passo 7: Entenda que a imperfeição é o que te faz humana

A perfeição é uma ilusão e uma meta inalcançável. Precisamos ter consciência disso se quisermos chegar lá.

Como bem disse a pesquisadora e escritora Brené Brown, em seu estudo sobre a vulnerabilidade humana, “é preciso coragem para ser imperfeito, aceitar e abraçar as nossas fraquezas e amá-las, e deixar de lado a imagem da pessoa que devia ser, para aceitar a pessoa que realmente é”.

Passo 8: se distancie de comparações injustas

Comparar seu bastidor com o palco de alguém é a ação mais injusta que alguém pode fazer por si mesmo.

Retire dos seus bastidores as grandes lições e se ancore nelas para entrar no palco da sua vida e dar o seu melhor show. Se compare apenas com a sua trajetória, viu? É por meio dela que você deve se espelhar.

Passo 9: se elogie com verdade

Faça o desafio com você mesma de se elogiar verdadeiramente todos os dias: seja por uma refeição gostosa que fez, escolha de uma roupa que amou, tempo dedicado aos cuidados do cabelo e pele, finalização de um livro…

Diva Cacheada GIF by Clorofitum Cosméticos - Find & Share on GIPHY

Passo 10: junte tudo isso e crie um ritual de amor-próprio

Pense no ritual de amor-próprio como se fosse um tempo dedicado exclusivamente à você: cuidados pessoais, desenvolvendo hábitos saudáveis, dedicando tempo para fazer algo que gosta ou só para estar consigo mesma.

É a soma de tudo que vai te fazer chegar lá.

 

Leia também:

Autocuidado: criando um spa em casa em 9 passos

O segredo da longevidade: ensinamentos do ikigai

Mude 5 hábitos alimentares para evitar a queda de cabelo

O amor-próprio vem com o tempo. Mas ele jamais virá enquanto você não decidir e começar a buscar por ele.

Se você também já tomou essa decisão, comente aqui embaixo com um “siiiiim”. Vai ser um prazer saber que o amor tem se espalhado por aí! 😊

 

Com carinho,

Clorofitum.

You May Also Like

Empoderamento feminino: 10 livros que toda mulher deveria ler

Cabelo colorido: o que a cor do seu cabelo diz sobre você?

Saúde da mulher: saiba quais são os cuidados que você precisa ter

7 erros fatais na hora de fazer a gestão do seu salão de beleza

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *