A estratégia infalível para vender mais com o seu negócio: personalização

Está aí algo que amamos fazer: desenvolver cada vez mais salões e
franquias de beleza para que possam vender mais.


Claro que, para que isso seja possível, há técnicas e ferramentas que aceleram
o processo (e que o torna possível!).

O primeiro passo é entender que toda venda parte do relacionamento
humano, afinal,
pessoas compram de pessoas.
O segundo é ser intencional e levar a personalização a sério.
Vem com a gente revolucionar o atendimento do seu negócio
.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Clorofitum Cosméticos Oficial (@clorofitum.oficial)

O que é atendimento personalizado?

Vamos falar aqui sobre uma dor muito comum entre empreendedores: como
conseguir mais clientes, sair do trivial e daquele atendimento bem mediano.

A primeira provocação que queremos fazer é: ok, você está em busca de
novos clientes. Mas como tem cuidado dos que já tem?

Sim, estamos falando daqueles que já te conhecem, já confiam em você e já
consumiram algo seu…
Esses clientes, que já fazem parte do seu negócio, precisam ser cuidados
para que sejam mantidos.

Por isso, o nosso maior convite com a conversa de hoje é te mostrar a força que
o atendimento personalizado tem – já que é focado em aumentar o nível de
experiência de seus clientes e oferecer o que cada um de fato necessita.

Por onde começar?

Para começar a levar mais personalização ao seu atendimento e,
consequentemente, vender mais, coloque em prática 2 ações mega
importantes:

A primeira é ter um banco de dados atualizado dos seus clientes, com as
informações principais: nome completo, data de aniversário, cidade, última compra
e gostos/preferências.


Estes dados vão te permitir manter um bom relacionamento com cada um
deles; mandando mensagem no dia do aniversário e conversando sobre assuntos
de acordo com suas preferências.


A segunda ação é implementar um NPS (Net Promoter Score) em quem já
consumiu alguma vez de você.

O NPS vai te ajudar a mensurar o quão satisfeitos os clientes estão com seus
produtos ou serviços. Ele funciona como uma pesquisa rápida de até 3
perguntas:
*De 0 a 10, o quanto você recomendaria meu negócio para um familiar ou
amigo?
* Em 1 palavra, como você descreveria o atendimento que recebeu?
*Suas expectativas foram atingidas? Por quê?

As respostas dessas perguntas serão ouro para aperfeiçoar o que já vem
sido feito

Vender mais por meio da estratégia que mais traz
resultados é o caminho

A personalização do atendimento nos leva a armazenar um histórico
importante sobre os nossos clientes: do que ele gosta, o que ele quer e o
que prioriza.
Esta é a fase do diagnóstico para que deixe de oferecer a alguém o que não faz
sentido para a realidade dele.
Pensa só uma cliente do seu salão de beleza que tem cabelo cacheado. Por
ser sua linha mais cara, você fica empurrando para ela produtos para
cabelos lisos.


Vai ser um saco, né?
A primeira técnica a ser levada em consideração aqui é não fazer a oferta de
tooodo o seu catálogo para alguém, mas sim oferecer o que aquela pessoa
realmente precisa e gostaria de usar.
A segunda técnica é priorizar a experiência do cliente e oferecer algo que
chamamos de upsell (que é um produto/serviço complementar ao que ele acabou
de comprar).

Pensa só que a sua cliente acabou de fazer umas mechas no cabelo com você.
Para que ela continue com os cuidados em casa, você pode oferecer os produtos de tratamento para cabelos coloridos que você tem no estoque.

A terceira técnica é desenvolver uma escuta ativa para ouvir seus clientes
verdadeiramente. É por meio deles que você saberá o que precisa aperfeiçoar,
do que eles gostam e tirar novas ideias de produtos e serviços.


Cliente sempre diz do que gosta, do que não gosta e do que gostaria que
tivesse. Tenha atenção master!
A quarta técnica é entender que o tempo tem força até mesmo para fazer uma
oferta personalizada. Assim como tem períodos do dia, da semana e do ano
para fazer determinadas ofertas, têm aqueles momentos que o cliente já está
pronto para consumir.
Vamos aos exemplos: assim como fazer kits personalizados de Natal só funcionam
nesta época do ano, conteúdos de como cuidar do cabelo no verão só se vendem
nesta época.
Além disso, também há o tempo de refazer uma oferta. Pensa só que você
vendeu um kit de shampoo para cabelos ressecados para uma cliente há 1 mês.
Sabendo que os produtos já podem estar próximos de acabar, é o tempo certo de
entrar em contato e oferecer um refil.


Olha só a riqueza da personalização, né?

O processo de compra é também um relacionamento. Vender mais
pressupõe conhecer para quem você está falando e quando é o melhor
momento para a oferta.
Sem este diagnóstico, dificilmente você terá resultados positivos.
Se você quer ter uma franquia de beleza com alta taxa de lucro e custos baixíssimos, entre em
contato com o nosso time para saber mais.

Com carinho,
Clorofitum.

You May Also Like

Veganismo: conheça 9 documentários e filmes essenciais para uma vida sem sacríficos!

Festa junina em casa: chame os amigos e tenha um momento incrível!

Dia dos namorados do jeito que você sonhou: organize um dia único!

Viagens de inverno no Brasil: 6 destinos incríveis e o que não pode faltar na mala

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *